terça-feira, 25 de agosto de 2009

Por meus filhos

Sábado é Dia de Combate ao Fumo.
Eu já fumei. Bastante. Dos 13 aos 34 anos. É...já se vão 10 anos! E ainda, às vezes, tenho vontade de fumar.
Parei no mesmo dia que meu pai: 19 de abril. Mas para ele já era tarde. O enfisema pulmonar já havia sido diagnosticado. Era crônico e estava irreversívelmente instalado.
O homem mais forte do mundo, capaz de consertar tudo, resolver todos os problemas, que sabia dançar, cantava como Nelson Gonçalves e contava piadas como ninguém já não conseguia subir sozinho dois degraus.
Por ele passamos quase 10 anos assustadas com qualquer telefonema. A cada mudança de clima, do frio para o calor, da seca para a chuva, procurando maneiras de amenizar seu sofrimento.
Primeiro ele não tinha forças para andar e conversar. Depois ficou preso ao tubo de oxigênio. Dormir na mesma casa, ficar horas ao seu lado causava uma estranha sensação. Ao sair de perto é que se percebia como o barulho do aparelho que lhe garantia o oxigênio era pertubador.
Esse equipamento, essencial para a sobrevivência dele, quebrou mais de uma vez. À noite, em finais de semana... Em todas elas, sofremos.
Mudávamos de comportamento no trabalho, na escola, com os amigos. Os parentes que moram em outras cidades mudavam seus planos nas festas para vir prá cá nos fazer compania e ver meu pai. Na verdade falar com ele, porque o corpo era pouca coisa.
Veio a cadeira de rodas, a cama hospitalar, os banhos só na cama.
Dar banho no próprio pai é, no começo um sofrimento. Era ele o grande homem.
Depois, o processo de higiene passou a ser a melhor hora do dia. Mesmo assim, à vezes ainda doia.
Em todo esse tempo ele permaneceu mais lúcido do que jamais foi em toda a vida. E retribuia aos cuidados da familia com uma alegria que causava inveja a todos que o visitavam.
Meu pai foi vítima do desenvolvimento da dependência química da indústria do tabaco.
Ele não teve tempo. Mas eu parei. Parei de fumar não por mim, mas para garantir que meus filhos, meus amigos, minha família não sofram como eu sofri e ainda sofro.
Se você têm amor aos seus, parem de fumar. Agora.
Ainda dá tempo.

domingo, 23 de agosto de 2009

Nova chama!

Em vários momentos da vida a gente fica meio desanimado. Parece que nada de interessante acontece, que os esforços não resultam em nada e que falta UP na rotina de acordar, trabalhar, trabalhar dormir, encontrar as mesmas pessoas, falar das mesmas coisas...
A casa é sempre a mesma com os mesmos problemas. A família a mesma. Os problemas, os mesmos só que mais insuportáveis do que antes.
Então, o tão esperado inesperado acontece e a vida muda.
Muda a rotina, mudam as pessoas, parece até que a casa mudou.
Não é, não.
Você mudou. O oxigênio encontrou seu sangue e o renovou.
A adrenalina retomou o caminho do cérebro...
Ah, ar novo nos pulmões!
Nada como uma bom desafio para afiar a faca que desbravar a vida num rumo que eu não sei qual é, mas que eu acredito será muito bom.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

INTOCÁVEIS E INVENCÍVEIS






Recebi o texto por e-mail. Foi atribuído a Nelson Motta.
Discordo dele qdo diz que não acredita que um dia os desaonestos vão pagar.
Sou sagitariana: acredito sempre!>


Não tenho mais nenhuma ilusão de um dia ver algum desses criminosos
travestidos de parlamentares atrás das grades e devolvendo o que nos
roubou. Eles são muitos, e invenciveis.
Sob fogo cruzado de denúncias, juntam-se para se defender, como
fizeram PT e PMDB no Senado, embora digam sempre que é pela
instituição, a mesma que eles aviltam e apequenam com seus atos.
O dinheiro roubado de nossos impostos, teoricamente, pode até ser
recuperado, mas o crime de desmoralizar uma instituição não tem preço.
O que nos resta? Confiar na Justiça? Na Polícia? No ladrão ? Com
Sarney e Renan comandando o Senado e espantados com a descoberta das
181 diretorias? A maior parte foi criada pelos dois. O resto, por
Jader Barbalho, ACM e Lobão. E pior. Foram criadas por resoluções da
Mesa e ninguém reclamou. E mesmo se reclamasse não adiantaria nada.
Tudo dentro da Lei, na liturgia do cargo.
Seria um exagero comparar as disputas pelo poder no Congresso com as
guerras de quadrilhas pelos pontos de venda de drogas nas favelas
cariocas? Só porque uns vendem crack e cocaína e outros, privilégios e
ilegalidades? Guerra é guerra, vale tudo na disputa pelos pontos de
poder. Se um tiroteio é de balas, o outro é de números e nomes; mas
sempre sobram balas perdidas.
Mas, quando o cerco aperta, os dois bandos acertam um armistício: o
verdadeiro inimigo é a Policia. Ou, no caso do Senado, a opinião
pública. Porque eles não temem a polícia. Nem a justiça.
Eles só tem medo de perder eleição.
Diante do pacto de não agressão entre os dois bandos, resta-nos
confiar nos ódios, nas invejas e nos ressentimentos das legiões de
apadrinhados que estão perdendo a boca e se vingando de seus
traidores. Que muitas falas perdidas encontrem seus alvos.
Diante da certeza de que eles vencerão, que jamais pagarão por seus
crimes, que continuarão ricos e corruptos, e até mesmo respeitáveis,
resta-nos ridicularizar suas figuras toscas, seus figurinos grotescos,
seus cabelos tingidos, suas caras botocadas. Para que suas esposas e
amantes leiam, e seus filhos se envergonhem deles no colégio. Como nós
nos envergonhamos todo dia.

É triste, mas é verdade.


A melhor frase da semana, embora seja talvez a mais triste, foi de uma das vítimas do médico especialista em reprodução assistida, preso na segunda-feira acusado em mais de 50 processos de violência sexual: "Existem médicos e existem monstros. Esse doutor é o médico monstro.".
Desse caso absurdamente assustador devemos tirar como exemplo, a coragem das mulheres, vítimas de violência sexual.
Contar para o marido, as famílias que o médico famoso, que era tido como o responsável por lhes dar o milagre de um filho, era na verdade um depravado, um criminoso!
Oficializar, diante de policiais, promotores, advogados que, mesmo sendo adultas não tinham conseguido defender-se das investidas, dos ataques de um homem de imagem ilibada.
Mas, pior do que tudo isso, enfrentar a própria vergonha, o sentimento de que a violência teria acontecido por culpa dela própria, vítima.
Não é preciso ter sido violentada para imaginar o drama dessas mulheres e a coragem que precisaram encontrar em sí mesmas para enfrentar situação tão complicada.
Sejamos todas, todos corajosos para denunciar as violências que não são necessariamente físicas, para que seus autores sejam punidos. Talvez não imediatamente, mas um dia. Mesmo que não seja pela justiça dos homens.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Tendo medo.


"E, tendo medo, escondi na terra o teu talento..." - Matheus, 25:25

Na parábola dos talentos, o servo negligente atribui ao medo a causa do insucesso em que se infelicita.
Recebera mais reduzidas possibilidades de ganho.
Contara apenas com um talento e temera lutar para valorizá-lo. Quanto aconteceu ao servidor invigilante da narrativa evangélica, há muitas pessoas que se acusam pobres de recursos para transitar no mundo como desejariam. E recolhem -se à ociosidade, alegando o medo da ação.
Medo de trabalhar.
Medo de servir.
Medo de fazer amigos.
Medo de desapontar.
Medo de sofrer.
Medo da incompreensão.
Medo da alegria.
Medo da dor.
E alcançam o fom do corpo, como sensitivas humanas, sem o mínimo esforço para enriquecer a existência.
Na vida, agarram-se ao medo da morte.
Na morte, confessam o medo da vida.
E, a pretexto de serem menos favorecidos pelo destino, transformam-se, gradativamente, em campeões da inutilidade e da preguiça.
Se recebeste, pois, mais rude tarefa no mundo, não te atemorizes à frente dos outros e faze dela o teu caminho de progresso e renovação.
Por mais sombria seja a estrada a que foste conduzido pelas circunstâncias, enriquece-a com a luz do teu esforço no bem, porque o medo não serviu como justificativa aceitável no acerto de contas entre o servo e o Senhor.

domingo, 16 de agosto de 2009

Nem precisa falar


Alguns momentos, e suas imagens, não precisam de texto nenhum.
foto: Ricardo M.C. Formici.

Pagar tudo bem, mas tem que ser menos.

Levando em consideração q a foto é de celular e a fotógrafa não é lá essas coisas, preciso explicar: essas luzes vermelhas são de carros e caminhões parados na Washington Luis, sentido capital, bem perto de Rio Claro.
Sábado, 8 de agosto, como não me acontecia há anos, fiquei parada por mais de 30 minutos. Eu e centenas de outros motoristas. Esperávamos que o trânsito fosse liberado.
Um caminhão tombou, sei lá porque, com toda a carga de laranja se esparramando pelo chão!!!
O rádio dos caminhoneiros foi a nossa fonte de informações para saber o que, porque, etc,etc,etc.
Em tempos idos, qdo a W.L. tinha pista simples, o motorista do caminhão teria morrido e levado muitos outros com ele. Passaríamos horas sem saber o q acontecia e outras tantas esperando para sair da estrada.
Não acho que isso justifique os quase 12 reais de pedágio na ida e outros R$9,00 na volta. Os valores são absolutamente absurdos. Mas a estrada melhorou MUITO.
Nos falta encontrar o meio termo e acabar com o IPVA, por exemplo, que deveria estar sendo usado na manutenção das estradas.!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Ai meu Deus!

Ácidas e Agudas

Stela Martins

Seriedade e compromisso são características que deveriam ser comuns aos seres humanos. Infelizmente, em tempos de individualismo e sucesso a qualquer custo, quando são encontradas, e ainda na mesma pessoa causam espanto. E, quando são cobradas, provocam riso.

Corre a boca pequena que por causa da não participação do Estado de São Paulo na chamada “Guerra Fiscal”, empresas já instaladas em São Carlos, estariam indo embora movidas pelo canto da sereia mineira. Isenção ou redução de impostos estaduais e municipais, além de outros benefícios, são as alegações dos empresários. Por enquanto nada que cause comoção popular. Mas é um sinal que, com certeza, tira o sono dos gestores públicos e de quem presta serviço para essas empresas quando ainda estão aqui.

Fico imaginando o que será de nossos estudantes à partir de segunda-feira. De um lado os pais, preocupados cobrindo os filhos de conselhos, cuidados e medo. De outro a realidade rotineira que deveria, mas não pratica o mínimo de higiene. Além, é claro, da pressa e da ingenuidade inerentes às idades que antecedem a maturidade.


Reproduzindo as sábias palavras de uma colega de trabalho:” Numa cidade com tantas pessoas de posse, como é que a igreja do Santuário Nsa.Sra. Aparecida da Babilônia pode ficar assim, sem pintar justamente no dia da Santa?”. Tem razão!


A nova escola do SESI/São Carlos ficou muito bonita mesmo. O presidente da FIESP/CIESP, Paulo Skaf veio inaugurar e também gostou. Mas será que ele vem prá São Carlos falar em construir uma sede maior para as entidades aqui? Sabe como é, se faz em Araraquara, muita gente acha que tem que fazer aqui!!


Feriado neste sábado em São Carlos e, sábado próximo (22) em Araraquara. É aniversário da cidade de lá. Até nisso!!!

Elas de novo!

Não vou falar OUTRA VEZ sobre a divulgação do jogo e do resultado!
Brasil ganha do Japão e garante classificação no Grand Prix A seleção brasileira feminina de vôlei garantiu nesta sexta-feira a classificação antecipada para a fase final do Grand Prix, que acontecerá entre os dias 19 e 23 de agosto, em Tóquio. A vaga do Brasil foi confirmada com a boa vitória sobre o Japão, por 3 sets a 1, com parciais de 25/12, 25/19, 15/25 e 25/13, em Mokpo, na Coreia do Sul.

Ácidas e Agudas da A Folha



foto: Antonio Stefane





Ontem São Carlos reviveu os anos de efervescência sindical. Deu polícia no controle da porta do Sindicato dos Metalúrgicos. Todos puderam se manifestar, como manda a boa democracia.


Não seria nada de mais se a semiliberdade, com o CEFA, fosse instalada na chácara onde já funcionou só que sob controle do Salesianos. Se for o melhor para os adolescentes, para os profissionais...Que seja!

Se tem uma coisa que eu sinto falta em São Carlos, com relação a São Paulo, é uma boa e animada feira livre. Quem já teve oportunidade de ir até esses grandes sacolões a céu aberto em qualquer região da grande São Paulo pôde ver que ninguém faz apenas compras lá. É certo divertir-se com os feirantes e seus refrões, aprender a preparar alimentos desconhecidos e ainda experimentar muita coisa. Dependendo da hora da feira, dá para ficar até sem almoço.

Impressionante como a vizinha Araraquara tem radares! Fixos! E ainda estão instalando mais e mais. Se essa providência for tomada aqui, vira escândalo. Lembra quando começaram a multar por falta do uso do cinto de segurança?

Duas propostas interessantes tramitam no Congresso: político eleito será obrigado a matricular os filhos em escolas públicas e senador que estiver respondendo a processo não poderá ser indicado para a Comissão de Ética. Será que pega?

Pode pedir seu ponto extra da TV a cabo. A Justiça determinou, pela segunda vez, que ele não pode ser cobrado. E olha que a ANATEL já tinha proibido a cobrança também. Aleluia.

Atos secretos descobertos.

Lembra da Marinete? A faxineira do programa A Diarista? Imagine se ela for fazer uma limpeza no Senado! Quantos documentos estranhos, desconhecidos, inimagináveis iriam aparecer, né não?!?!?!

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Tem exemplo que deve ser seguido


São semanas acompanhando as notícias sobre irregularidades e ilegalidades no Congresso Nacional. Principalmente envolvendo senadores. Aqueles que existem nesse modelo de democracia que nós, brasileiros, escolhemos como modelo político.
Eles surgiram como continuação dos ansiões, respeitadíssimo por sua sabedoria, no período da história humana em que ainda éramos nômades.
É ainda assim q vemos os Senadores. Ou víamos.
Agora, eles bem que poderiam estar no lugar da Norminha, personagem da novela das 8, da Globo.
Depois de enganar o nobre marido, dopá-lo, expor seu companheiro à execração pública, foi flagrada.
A Biblia foi citada várias vezes enquanto Norminha recolhia as roupas jogadas na rua pelo marido traído.
Imagine só: políticos envolvidos em escândalos não são reeleitos, são humilhados por eleitores revoltados na hora da votação e deixam a vida pública para sempre.
Essa vingança só depende de nós.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Recomeço


"De volta ao começo." é frase de uma linda canção.
É assim que me sinto agora: uma deliciosa sensação de recomeço. Como quando saí da faculdade, imaginando o imenso mundo e tempo à minha frente.
Novas experiências, pessoas novas, novo trabalho, novo cotidiano a ser construído...
Uau!
Saio da administração pública depois de 5 anos de aprendizado diário, para voltar à iniciativa privada.
Jornal impresso.
Nossa! Vai ser muito bom. Tenho certeza mesmo.

Preste atenção ao vídeo

Se você AINDA está preocupado com a nova gripe, assista o vídeo. É longo, mas vale MUITO a pena.
http://www.youtube.com/watch?v=gKwk8Kq8QXA

terça-feira, 4 de agosto de 2009

É devagar, mas sem parar.


Promotoria quer repatriar R$ 303 milhões da Eucatex (Estadão)

Além de Maluf e da empresa, são alvos de ação do Ministério Público Estadual a mulher do ex-prefeito, seus filhos, a ex-nora e três offshores.

Sarney diz que fica e tropa de choque ameaça oposição com dossiê

(Estadão)


Aliados do presidente do Senado decidem 'vazar' denúncias de irregularidades praticadas por desafetos.


Quem diria, há alguns anos, que essas seriam as manchetes da semana? Quem poderia imaginar o poder dos coronéis sendo enfrentado pela sociedade? E não me venham dizer que apenas a imprensa está na linha de frente. As fontes é que têm abastecido a grande imprensa com documentos, gravações, fotos para que esses escândalos viessem à tona. O Sarney pode até continuar presidente do Senado. Mas que foi um furo no dick da família maranhense, foi! "De grão em grão, a galinha enche o papo." Os eleitores vão ficando de saco cheio.

Informação e Achismo

Roubos crescem 58,6% no semestre
Deu no www.saocarlosdiaenoite.com.br/




PM em ação: SSP registra aumento no nº de roubos
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgou os números da violência em todo o Estado de São Paulo no primeiro semestre de 2009. Os roubos cresceram 58,6%. De janeiro a junho de 2009 aconteceram 349 roubos ante 220 em 2008. Neste ano ocorreram 7 homicídios, de acordo com a SSP, e 10 no ano passado. Porém, em números atualizados, a cidade já registrou 11 crimes de morte. Os furtos de veículo se mantêm elevados. Foram 180 casos – 45,1% a mais em relação ao primeiro semestre de 2008. Os roubos de veículo cresceram 30% com 13 casos em 2009. Os furtos mantiveram estáveis. Foram 1.631 casos em 2009 e 1.589 no semestre do ano anterior.
A notícia me chamou a atenção porque, não faz muito tempo, outra "reportagem" de outro veículo de comunicação de São Carlos, garantia que a violência na cidade estava aumentando, mas não dizia quanto, não dava período e, muito menos esclarecia a fonte. Era um achismo. E ainda dizia q era resultado do "crescimento desordenado".
O redator da notícia não sabe, ou esqueceu, que São Carlos tem plano diretor. Então, falar em crescimento desordenado agora, aqui...só se tiver alguma comprovação forte, contundente. Com fonte reconhecida, aliás.
Por outro lado, se o redator siquer se preocupa em respaldar sua opinião sobre o crescimento da violência, fico imaginando qual o nível de responsabilidade sobre o restante da reportagem(parecia mesmo um artigo)!!
E, para não ser omissa, violência é
um comportamento que causa dano a outra pessoa, ser vivo ou objeto. Criminalidade é toda atitude típica e antijuridíca, praticada por um ser humano.
Para saber se a violência aumentou é preciso avaliar, com conhecimento no assunto, os números da criminalidade divulgados pela Secretaria Estadual de Segurança Pública.
Antes disso, é especulação. Achismo, outra vez.

domingo, 2 de agosto de 2009

NIVER

Eu adoro meu aniversário.
Uma semana, dias antes começo a avisar, prá todo mundo que encontro, que meu aniversário está chegando.
Se é uma festa, uma reunião com amigos, em qualquer lugar: não importa.
Gosto mesmo é de cantar parabéns e dar muitas risadas sobre a atual idade, as coisas que aconteceram no passado e, invariavelmente, concluir que Deus é sempre muito bom prá gente.
Seria bom que fossem dois aniversários por ano. Mesmo que a idade da gente dobrasse. Não importa.
Então, deixo aqui prá vocês, um vídeo dos parabéns de uma amiga que também AMA aniversariar.
Bom mesmo é ficar tão feliz quanto a Ana Paula.
Ah, o meu aniversário é dia 12 de dezembro. Vou fazer 45 anos!!!!

video